PLANEAMENTO DA REFORMA E SAÚDE: ANÁLISE BIBLIOMÉTRICA COM RECURSO AO VOSVIEWER
PDF
XML

Como Citar

Faria, L. (2024). PLANEAMENTO DA REFORMA E SAÚDE: ANÁLISE BIBLIOMÉTRICA COM RECURSO AO VOSVIEWER. RIAGE - Revista Ibero-Americana De Gerontologia, 5. https://doi.org/10.61415/riage.251

Resumo

A investigação científica sobre planeamento da reforma e saúde tem mostrado um crescimento notável, gerando um aumento constante na produção de publicações ao longo dos anos. Este estudo utilizou-se a análise bibliométrica, com a ajuda do software VOSviewer, para analisar as tendências de publicação, identificar investigação proeminente, e destacar as palavras-chave mais recorrentes na literatura. 529 estudos, entre 1947 e 2023, foram analisados e mapeados em rede. Os resultados mostram que as questões do planeamento da reforma e da saúde foram discutidas em contextos variados, indicando uma interligação entre planeamento da reforma, saúde e aspetos médicos, sociais, psicológicos e financeiros. Os Estados Unidos, Reino Unido e a Suécia destacaram-se como os países mais prolíficos na investigação sobre planeamento da reforma e saúde, enquanto o periódico "Ageing and Society" liderou as publicações na área. As palavras-chave mais citadas foram agrupadas em seis clusters, abrangendo tópicos como curso de vida, género, envelhecimento, emprego, promoção do envelhecimento saudável, envelhecimento de pessoas com deficiência intelectual e saúde mental em idosos. Esses resultados oferecem insights importantes para investigadores que desejam explorar novas áreas de estudo relacionadas com a reforma e saúde, destacando os temas mais relevantes e as tendências de investigação atuais. Esse conhecimento pode orientar futuras investigações e contribuir para o avanço do campo.

https://doi.org/10.61415/riage.251
PDF
XML