OBSTRUÇÃO DA VIA AÉREA POR CORPO ESTRANHO NO IDOSO: CONHECIMENTOS DOS PROFISSIONAIS DE UMA UNIDADE DE CUIDADOS CONTINUADOS INTEGRADOS
PDF
XML

Como Citar

Brás, F., & Costeira, C. (2024). OBSTRUÇÃO DA VIA AÉREA POR CORPO ESTRANHO NO IDOSO: CONHECIMENTOS DOS PROFISSIONAIS DE UMA UNIDADE DE CUIDADOS CONTINUADOS INTEGRADOS. RIAGE - Revista Ibero-Americana De Gerontologia, 5. https://doi.org/10.61415/riage.249

Resumo

A obstrução da via aérea por corpo estranho no idoso é uma situação frequente e uma das causas de morte mais comum. Esta pode ser reversível se forem de imediato realizadas intervenções adequadas. O presente estudo deteve como objetivo aferir o nível de conhecimentos dos profissionais de uma Unidade de Cuidados Continuados Integrados; realizar formação com treino aos profissionais sobre prevenção e atuação em caso de Obstrução da Via Aérea por corpo estranho, com elaboração e implementação de um fluxograma de atuação baseado nas guidelines internacionais; comparar o nível de conhecimentos dos profissionais, após as intervenções implementadas. Foi implementado um projeto de melhoria contínua da qualidade em três etapas: diagnóstico de situação, implementação das intervenções de melhoria e avaliação. Desenvolvido entre julho e outubro de 2023, com 33 profissionais de uma Unidade de Cuidados Continuados Integrados. Aplicados dois questionários de autopreenchimento e realizado tratamento estatístico dos dados colhidos. Cumpridos todos os pressupostos éticos. Verificou-se que existiu uma diferença estatisticamente significativa, entre os conhecimentos, antes e após as intervenções, com aumento das respostas corretas. Verificou-se, ainda, que os participantes eram jovens e com poucos anos de experiência profissional. O socorro ao idoso com Obstrução da Via Aérea por corpo estranho é uma preocupação dos profissionais. As estratégias de formação com treino e a existência de fluxogramas são estratégias facilitadoras de melhoria dos cuidados. As estratégias implementadas foram importantes para melhorar os conhecimentos dos profissionais, contribuindo para a prevenção e atuação perante uma ocorrência de Obstrução da Via Aérea por corpo estranho.

https://doi.org/10.61415/riage.249
PDF
XML