MUSICAR + PALIAR = BEM-ESTAR: UMA ABORDAGEM EXPLORATÓRIA
PDF
XML

Como Citar

Alves, V., Gomes, M., Galvão, A., & Batista, G. (2024). MUSICAR + PALIAR = BEM-ESTAR: UMA ABORDAGEM EXPLORATÓRIA. RIAGE - Revista Ibero-Americana De Gerontologia, 5. https://doi.org/10.61415/riage.246

Resumo

O projeto tem por objetivo, promover a colaboração institucional no desenvolvimento de práticas comunitárias; o bem-estar dos doentes, família e profissionais; experiências de aprendizagem significativas fora do contexto educativo formal. Método, estudo exploratório, implementação de projeto num contexto sócio regional em matéria de “Música em Cuidados Paliativos”, metodologia de investigação-ação. A ação, decorrente de um protocolo de cooperação estabelecido entre uma instituição de ensino superior e uma unidade local de saúde, desenvolvido por estudantes do curso superior de Música numa unidade de Cuidados Paliativos. Resultados, sugerem de modo inequívoco que as atividades musicais performativas foram reconhecidas como sendo portadoras de benefícios mútuos, para a formação dos estudantes e para a humanização daquele ambiente hospitalar. Ficou evidenciado que os utentes, familiares e profissionais de saúde consideraram as iniciativas artísticas relacionadas a aspetos emocionais como a “Alegria” e “Prazer”. Corrobora-se a hipótese de que é necessário aproximar as práticas pedagógicas das realidades sociais, em particular no que respeita à formação dos estudantes ao nível de matérias como a consciência e a relação com a morte e com o cuidado de doentes em estado terminal, uma vez que se pode promover o bem-estar generalizado de todos os agentes envolvidos e da sociedade em geral. Conclusões, este tipo de iniciativas permite a deslocação da atenção dos envolvidos, ainda que temporária, para quadros emocionais positivos, o que poderá ajudar a atenuar os sentimentos negativos comummente associados a estes ambientes hospitalares. Este projeto promove a consciência humanitária e a perceção social para redirecionar o entendimento e o diálogo social sobre questões relacionadas com o sofrimento e o fim de vida.

https://doi.org/10.61415/riage.246
PDF
XML