A INFLUÊNCIA DO SENTIDO DA VIDA EM ADULTOS MAIS VELHOS DO CONCELHO DESINTRA: UMA ABORDAGEM MULTIDIMENSIONAL
PDF
XML

Como Citar

Lamego, S., & Garcia, A. (2024). A INFLUÊNCIA DO SENTIDO DA VIDA EM ADULTOS MAIS VELHOS DO CONCELHO DESINTRA: UMA ABORDAGEM MULTIDIMENSIONAL. RIAGE - Revista Ibero-Americana De Gerontologia, 5. https://doi.org/10.61415/riage.223

Resumo

Este artigo vem divulgar os resultados obtidos em uma dissertação de mestrado, que pretende ajudar a divulgar a importância do Sentido da Vida como fator propulsor de Bem-estar e Qualidade de Vida.
Pretendeu-se compreender a relação entre o sentido da vida e a qualidade de vida, verificar se uma baixa funcionalidade – ou seja, limitações na capacidade de realizar atividades diárias ou tarefas – pode ser compensada com uma maior qualidade de vida mental e, avaliar a importância do suporte social para o sentido da vida e a qualidade de vida.

Os métodos quantitativos utilizados foram os questionários WHOQOL-SRPB para espiritualidade, a Escala de Satisfação com o Suporte Social (ESSS) para suporte social, e o questionário SF-36 v2 para saúde.
A amostra era constituída por 88 respostas de inquiridos e das 8 hipóteses apresentadas, 6 foram confirmadas. Os resultados indicam que o Sentido da Vida influencia positivamente a Qualidade de Vida e está associado à satisfação com o Suporte Social. Não foram encontradas diferenças significativas em função da idade.

O estudo sugere que a promoção do Sentido da Vida pode melhorar a Qualidade de Vida dos adultos mais velhos.

https://doi.org/10.61415/riage.223
PDF
XML